Galáxia

Galáxia é um grande aglomerado de bilhões de estrelas e outros objetos astronômicos (nebulosas de vários tipos, aglomerados estelares, etc.), unidos por forças gravitacionais e girando em torno de um centro de massa comum.

Quando se diz que a nossa galáxia Via Láctea tem de tamanho 100 mil anos luz, isto significa que um raio de luz a viajar à velocidade de 300 mil km/s, demoraria cerca de 100 mil anos para cruzá-la.

Mas apesar de a Via Láctea ter um grande tamanho, há outras bem maiores.

Tome em consideração, por exemplo, a colossal Markarian 348 que tem uma impressionante dimensão de 13 vezes o tamanho da Via Láctea, o que significa que um raio de luz precisaria de 1 milhão e trezentos mil anos para percorrer toda essa galáxia.

As galáxias dividem-se em vários tipos morfológicos diferentes segundo a estrutura que apresentam.

Galáxia de Andrômeda

Galáxia Espiral: Galáxia espiral é uma galáxia que apresenta grandes braços de estrelas e nuvens de poeira.

Estes parecem enrolados em forma de lâminas de hélice em espiral (helicóides) partindo de um centro denso chamado também de núcleo central.

As Galáxias espirais têm diâmetros que variam de 20 mil anos-luz a 100 mil anos-luz.

A nossa Galáxia, a  Via Láctea e a  Galáxia de Andrômeda são exemplos de Galáxias espirais grandiosas e massivas.
 

NGC 1300
Galáxia Espiral em Barra ou Barrada: São as galáxias cujos braços helicoidais e núcleo central são menos desenvolvidos que os das galáxias espirais normais.

Seu núcleo possui a forma de uma barra, ou apresentam uma zona central cilíndrica com braços espiralados a sair das extremidades desse cilindro.

Seguem o mesmo princípio de identificação das Galáxias Espirais.

Alguns astrônomos as consideram uma sub-categoria das primeiras. 

Um exemplo de galáxia barrada é a  NGC 1300.


Galáxia NGC 5010
 Galáxia Elíptica: Na tipologia das Galáxias Elípticas, ainda estão inseridas as Galáxias Circulares.

As Galáxias Elípticas têm pouco gás, pouca poeira e poucas estrelas jovens.

Um exemplo de galáxia elíptica é a  NGC 5010.


Galáxia Irregular: As galáxias Irregulares não possuem forma definida, algumas são formadas por desenhos e colorações bizarras, surrealistas.

NGC 4449
As causas da irregularidade no formato destes sistemas são desconhecidas, assim como as causas dos outros tipos morfológicos.

Alguns astrônomos atribuem a irregularidade de formato às forças gravitacionais que ainda não formaram um padrão giroscópico, o que levaria à suposição de que estas galáxias seriam relativamente jovens.

Algumas galáxias irregulares são na verdade pequenas galáxias espirais que foram distorcidas pela gravidade de uma galáxia vizinha maior.

Um exemplo de galáxia irregular é a  NGC 4449.


Galáxia Anã: As galáxias anãs são galáxias menores, com até alguns bilhões de estrelas, número cerca de 100 vezes menor do que de galáxias como a Via Láctea.

Galáxia Henize 2-10
As galáxias anãs constituem a maioria das galáxias do universo e geralmente orbitam galáxias maiores: a Via Láctea tem pelo menos uma dezena desses satélites.

Recentemente, foram descobertas galáxias ultracompactas, variantes muito compactas com uma grande população de estrelas.

Um exemplo de galáxia anã é a  Galáxia Henize 2-10


Veja mais sobre Galáxias em: